sexta-feira, 26 de junho de 2009

The King is dead. Long live the King.




Em alturas como esta, as palavras são sempre demasiados insignificantes para conseguirem expressar e exprimir na plenitude, sentimentos ou estados de alma.

Michael Jackson, foi na verdade, e continuará a ser, uma figura icónica, é um facto inequívoco, idolatrado por muitos e odiado por outros tantos, mas acima de tudo a sua carreira e consequentemente obra reina sobre todas essas vicissitudes, sendo um marco na história global de toda a música.

A mim sempre me cativou, auto-intitulo-me como admirador confesso. Desde a minha infância, lembro-me perfeitamente de como se fosse hoje, as imensas vezes que em frente de um velho espelho tentava consecutivamente imitar um ínfimo passo de dança, que na maioria das vezes saía gorado. Sempre me centrei no essencial, na brilhante música que criava e melhor interpretava, e descartei o dispensável, controvérsias, boatos e afins.

Como tal aqui fica a minha singela homenagem, não apenas ao homem, mas a obra que irá perdurar infinitamente pelos tempos! O rei partiu, ainda assim vive entre nós.

11 comentários:

Jojozinha disse...

foi uma homenagem muito simpatica e verdadeiro :)
gostei! :)

B. disse...

Realmente...Fiquei chocada! Ia escrever também um post, mas ninguém o faz melhor que tu..acho que vou só por uma musica dele no blog:) quanto ao ipod, tirei...acho que estava há já muito tempo sempre com a mesma musica e muito alto... vou tentar fazer uma nova lista e po-lo de novo!! E mais baixo... :P bjo**

Mafalda disse...

Eu nem tenho palavras para descrever a tua grande homenagem a um "grande homem".

Não sei se tens noção mas as tuas palavras tão verdadeiras e tão sentidas, fazem sentir o embalar de cada letra, um encaixar de cada palavra.

Fácil, é gostar do que escreves, compreender o que dizes e ficarmos presas nesta maré linda, de palavras correctas e tão bem estruturadas.

És um homem de palavras, encantas-me mesmo! Encata-me mais, sem querer discriminar, saber que tanta emoção vem de um rapaz, porque há minha volta, nunca vi um que escrevesse tanta coisa bela.

P.S.: Não entendi - "Acho que já disse, mas sou fã ; )" (?)

Joli disse...

Epah, quando me contaram fiquei mesmo muito chocada... É quase impossível imaginar um mundo sem M.Jackson... Mas enfim, é mais uma prova que todos partimos, mais cedo ou mais tarde...

Obrigado pelos teus comentários :) Hoje não consigo escrever mais que isto xD

Beijinho*

S* disse...

Era um menino artista delicioso. Lembro-me tao bem de ver no youtube aquele video dele em pequenito a cantar. :)

Margarida disse...

Nunca gostei dele. Ou das músicas dele. Desde pequena que não gostava. Agora sou capaz (desde há uns tempos para cá) de ouvir as músicas dele. Mas nunca foi um artista que me cativasse. Mas sempre adorei aquilo que o envolvia. Todas as histórias à volta dele. C/o gosto em todos os artistas. As suas histórias.

Quando soube... primeiro pensamento foi... "Eu pensava que este homem nunca ia morrer"

Ana Sofia disse...

Uma única palavra:
Perfeito!
Um homem cheio de fantasias, passos de dança que ninguém consegue imitar, expressões diferentes em cada imagem, palavras e brincadeiras sinceras e com uma unica intençao, o seu publico!
As cortinas fecharam se antes da sua despedida.. porem este ser humano unico, nunca vai morrer para ninguem. (:

Adorei a homenagem :D
Ps. Agora e que reparei, o teu apelido é o mesmo que o meu ahah

Beijinhos e continua :D

Pedro Xavier disse...

Oi André,

foi um grande ícone, sim. Eu também já tentei arriscar uns passos, confesso das danças, rs.

Muito bacana o seu blog.

Abraço!

Pedro Xavier disse...

*já tentei arriscar uns passos das danças, confesso

Abdoul Hakime Zahrah al Jounoub عبد الحكيم زهرة الجنوب disse...

Minha mãe deve estar chorando muito agora...
O mundo vai ficar um pouquinho mais neguo sem esta grande estrela...
Eu tb vou sentir saudades.
Adorei te conhecer. Vim através da Joli.
C'est un vrai plaisir.
Au revoir.

messy disse...

É sempre bonito homenagear alguém (:

Nasceu preto e morreu branco. Foi aquilo que quis.

Descanso e paz***