sexta-feira, 19 de junho de 2009

Se eu tiver oportunidade…. Deixa-me ir!



Se eu tiver oportunidade…deixa-me ir, partir, se ainda assim a resposta for não, vou mostrar-te que já sei voar!

Vou mostrar-te a maturidade das minhas asas, vou passeá-las cheias de brio, e pavonear-me bem diante do teu nariz, vou oferecer-te uma visão periférica da sua altivez!

Não quero de modo algum, ficar acorrentado em porto seguro, naquele espaço rotineiro, usado vezes sem conta onde a segurança e o bem-estar abundam. Não queiras quebrar a minha ténue esperança, quero poder observar o que me rodeia sem amarra alguma, sem motivo aparente.

Não me julgues mal, não, não é o meu círculo corriqueiro que deixou simplesmente de funcionar e apresente momentaneamente alguma espécie de anomalia que me faça duvidar. Quero sem rodeios desbravar território alheio, o desconhecido atrai-me – já o devias saber -, o mergulho intemporal pleno de novidade…

Olha, observa, sente as minhas assas, como se fossem parte integrante do teu ser, não duvides que sou capaz de feitos ímpares, de raiar o horizonte, sem conhecer sabor de queda alguma….

Se eu tiver oportunidade… deixa-me ir, só porque sim!

17 comentários:

ClaudiaMar disse...

Se me dissessem que isto era de autoria do ALA eu acreditava. (O meu fanatismo, é pura e simplesmente pelo ALA escritor, não personalidade. Sou pró boa educação ...)
Voa.

ClaudiaMar disse...

PS - eu continuo tua seguidora... deve-se ter alterado a ordem da colocação da foto. Tento voltar a seguir-te e a mensagem é que já o sou...

Daniela disse...

Gostei do texto!!

**

Joli disse...

Tão lindo ^^ Também quero libertar-me muito desta rotina e sair uma livre exploradora do mundo *.* Nós somos capazes de fazer o que quisermos, só temos que querer. Se quiseres liberdade para voar, te-la-ás. Não tenho dúvida alguma :)

Beijinho*

filipa disse...

adorei :)
obrigado, também escreves muito bem*
beijinho*

filipa disse...

adorei :)
obrigado, também escreves muito bem*
beijinho*

'stracciatella disse...

Bem, adorei!

Marii' disse...

Adoreii*

Mesmo liindo

Ana disse...

Vai. Voa. Sente e cresce.
E faz crescer...

*flor* disse...

com essas palavras ninguem te pode prender!

=)

**

a Gaja disse...

Adorei...talvez porque sinto o mesmo.

**

Martiniska disse...

deixa- Te ir ;)

Mafalda disse...

"Não me julgues mal, não, não é o meu círculo corriqueiro que deixou simplesmente de funcionar e apresente momentaneamente alguma espécie de anomalia que me faça duvidar. Quero sem rodeios desbravar território alheio, o desconhecido atrai-me"

Muito bom mesmo :)

Sophia disse...

A melhor maneira de descrever o teu texto "Liberdade" (:
Todos nós necessitamos de nos sentir livres e de mostrar ao mundo que temos tamanha capacidade para voar sozinhos por onde e quando quisermos. :D São muitas as vezes que também tenho essa vontade!
Sinceramente gosto imenso da maneira como escreves, é algo, do genero, tranquilo e com uma intensidade especifica de querer crescer e deixar no mundo a tua marca. :D
Importas-te se eu te adicionar no meu blog, aos meus blog's favoritos, para te continuar a seguir? :$
Beijinho e continua sempre a escrever assim *

I believe disse...

Lindo...Tb quero, simplesmente ir!!!***

Pinky disse...

adorei o teu blog, gostei da essencia que passas nos teus textos (:

Anónimo disse...

bom comeco